sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Percepção

Apenas hoje, parei e olhei para trás. A vida continuou e eu nem percebi. As pessoas seguiram os seus rumos. Cada um tomou o seu caminho, a maioria mais iluminados que o meu. Só agora percebo. Onde eu estava com a cabeça? Relacionamentos, amizades, cumplicidades, parcerias, tudo está feito, todas estão prontas! Me pego chorando em locais e situações onde eu deveria rir. Isso é normal? Vou tentar abrir o meu alçapão! A luz lá fora será muito forte? Bem, só me resta tentar... Será que ainda me encaixo em alguma comunidade? O tempo escoou por entre os meus dedos e eu nem senti, tamanha foi a falta de tato. Terei ainda alguma chance? Por quais ruas andarei e em qual cidade? O melhor seria ainda poder acordar, mas temo que a hora já tenha passado... Ou será que o agora ainda não é muito tarde?
Postar um comentário