quarta-feira, 31 de março de 2010

terça-feira, 30 de março de 2010

segunda-feira, 29 de março de 2010

Curitiba – 317 anos

Curitiba está comemorando hoje, 29 de março, o seu aniversário de 317 anos. Esta é uma cidade única. Aqui, por exemplo, é possível deixar o caos urbano no centro e viver noites silenciosas sob as estrelas, em quintais onde ainda se criam galinhas, localizados em bairros onde carroças passeiam pelas ruas, dividindo espaço com os carros. Aqui, se escolhe se o cachorro quente é com “uma ou duas vinas”, palavra que define a conhecida salsicha vienense. E aqui, as crianças ainda levam para a escola o seu “penal” para guardar canetas, lápis e borrachas. O termo vem do tempo em que era necessário ter um espaço para acomodar as penas de escrever. Esta é a cidade dos escritores e poetas, como Dalton Trevisan e Paulo Leminski, da Feirinha de Artesanato do Lago da Ordem, do sistema de transporte das canaletas exclusivas para ônibus e das estações em forma de tubos de vidro, ainda um exemplo para o resto do mundo. É a terra do frio quase europeu, do pinhão assado na chapa do fogão à lenha, dos restaurantes típicos do bairro italiano de Santa Felicidade, dos cerca de 30 parques que preservam o verde e encantam os turistas e da universidade mais antiga do país, a UFPR. É a cidade das casas de madeira, feitas de tábuas de pinho e enfeitadas com seus lambrequins, detalhes artesanais, recortados manualmente. Esta é Curitiba, jovem e vibrante, aos 317 anos de idade. Parabéns Curitiba, cidade que tão bem me acolheu e onde eu escolhi viver! Feliz aniversário!


Museu Oscar Niemeyer - Curitiba

Foto: J. D.

domingo, 28 de março de 2010

C'est la vie...

*


Ao sabor do vento, folhas e almas secas no chão...



*

Enigma...

*

Se não és feliz assim,
por que não me olhas?
Se a alegria não habita em ti,
por que não moras em mim?

*

sábado, 27 de março de 2010

Hora do Planeta 2...



27/03 às 20h 30min
Luzes apagadas por 60 minutos
Eu fiz a minha parte...

*

Hora do Planeta...


Luzes apagadas

Nas cidades,

Nas ruas,

Nas vielas...

Torre Eiffel

Às escuras...

Palácio de Buckingham

No breu...

Cristo Redentor

Apagado...

O meu interruptor

desligado...

Pelo planeta,

Juntos

No norte,

No sul,

Você e eu...
 
* Hora do Planeta 2010
27/03 às 20h 30min
Apague a luz por 60 minutos.
 
*

sexta-feira, 26 de março de 2010

No ritmo...

Fim da batucada. Instrumentos carregados no carro. Ao chegarem em casa, a missão de guardar tudo em seu lugar. De repente, estampidos. Tiros ou batidas de surdo? Ele caiu morto após ser descarregado o tambor... Seis tiros!

São Lourenço do Sul - RS (25) Vista aérea


Vista aérea do ponto de encontro do arroio São Lourenço com a Lagoa dos Patos. À direita, o Iate Clube e seus veleiros ancorados.

Foto: Divulgação

quinta-feira, 25 de março de 2010

O marionete...

*



Sempre sonhei andar com minhas próprias pernas.
É o que faço, quando movimentam as cordinhas certas...
 
 
*

quarta-feira, 24 de março de 2010

Ópera de Arame...


Visão geral da Ópera de Arame, um dos cartões postais de Curitiba.

A Ópera de Arame é um teatro de Curitiba. É todo construído com tubos de aço e estruturas metálicas e coberto com placas transparentes de policarbonato, lembrando a fragilidade de uma construção em arame. De forma circular, a edificação é parcialmente circundada por um lago artificial, de maneira que o acesso ao auditório é feito por uma passarela sobre as águas. Foi montada em apenas 75 dias e inaugurada em 1992.
O auditório tem capacidade física para 2,1 mil espectadores. Nas proximidades da ópera está a Pedreira Paulo Leminski, aberta em 1990. Juntos, formam o Parque das Pedreiras.

Foto: J. D.
Dados: Wikipédia

terça-feira, 23 de março de 2010

A magia...

A distância é amiga ou inimiga dos enamorados, dos amantes, dos amados, dos apaixonados?

Ao mesmo tempo em que ela machuca o coração com as farpas da falta, reforça um sentimento que a cada minuto que passa, se torna maior e mais intenso.

Ao mesmo tempo em que as lágrimas escorrem pela face, um riso interno acalma e alivia, pois prevê que, ao terminar o afastamento, a tristeza dará lugar a uma alegria sem medidas.

As lágrimas já secas, terão servido para regar a face onde agora brota um sorriso em parceria e ressonância com o coração e a alma. Aliás, a alma dos apaixonados voa cada vez mais alto, alcançando altitudes onde só o oxigênio da paixão e as amarras do amor permitem uma sobrevivência segura.

No instante do reencontro, todas as fibras e células dos corpos se estiram, se encolhem e se escolhem entre si para ver quem tocará suas semelhantes no corpo do ser amado, primeiro.

A boca saliva, o coração pula desordenadamente no peito, os fluidos e secreções do corpo são produzidos em abundância em um ritmo frenético, que só será interrompido bem depois, no clímax de tudo, no auge, no gozo, no paraíso. Passo consecutivo, as mãos suadas ainda se procuram, se encontram, se tocam. Os corpos cansados da batalha se entregam a um aconchego onde apenas o brilho dos olhos e a luz do sorriso cintilam.

A sensação de encontro e de união das almas é completo. A única informação que circula e é transmitida telepaticamente, é que o mundo gira e acaba ali, nos braços enlaçados, nos corpos extasiados sob o olhar de proteção do ser amado. Esta é a força poderosa, esta é a magia...

Curitiba, 30 de março de 2007

* Revisando antigos arquivos, encontrei este texto, e resolvi (re)publicá-lo hoje...

____________________________________________________

Equinócio...

*

Da alvorada
ao crepúsculo,
dia e noite iguais...

*

segunda-feira, 22 de março de 2010

Gotas...

"Quando as torneiras do mundo secarem e o banho for só de pó, não chore. Economize as lágrimas..."

* Tomara que o texto acima não passe de um pesadelo. Ainda temos tempo para evitar essa situação!

_____________________________________________________

22 de Março - Dia Mundial da Água...

Água,
Vida
Líquida...

* Salvemos a água do planeta. Ainda há tempo!


____________________________________

Cicatrizes...

*

No principio, a terra era una. Os homens inventaram o arame e as cercas...

*

domingo, 21 de março de 2010

sábado, 20 de março de 2010

Nas nuvens...

*

Os ventos de outono
Sopram insistentes...
Ergo alto minha pandorga

*

Outono...

*   *   *   *   *   *   *

Vento sopra,
Bate o portão
Casaquinho vestido...
Outrora verdes,
Folhas marrons
Enfeitam o chão...

*   *   *   *   *   *   *

Muito prazer...!

Trânsito caótico. Engarrafamento monstruoso. Carros ligados e parados. Sinais verdes e vermelhos se alternam sem qualquer movimentação. Entre retrovisores, de repente, olhares.
Os belos olhos verdes do carro esportivo miram os já assanhados olhos castanhos da caminhonete. Não tardou, apareceram sorrisos. Grande idéia as garagens duplas em motéis... Lá fora, trânsito caótico.

sexta-feira, 19 de março de 2010

Feira do Livro...


Fazendo uma "limpeza" no PC hoje, encontrei essa foto. Ela mostra alguns dos livros lançados na 53ª Feira do Livro de Porto Alegre em 2007. Entre eles, o meu, "Poesia em tempo de guerra", no alto ao centro.

*

Tentativas...

*

Esperançoso,
Te respiro...
Indiferente,
Me transpiras...

*

quarta-feira, 17 de março de 2010

Saint Patrick's Day

São Patricio,
Verde
Campo e cidade...
Trevo ,
Três folhas,
Santíssima
Trindade...

* Em 17 de março, data de nascimento de São Patrício, comemora-se o seu dia. As pessoas costumam usar a cor verde nas roupas, nos enfeites, e até na cerveja, bebida que é muito consumida nessa data.
A história conta que São Patrício, padroeiro da Irlanda, se utilizava de um trevo de três folhas para explicar às pessoas a Santíssima Trindade.

Inerte...

*


No palco do clube de jazz, o saxofonista jaz...



*

Fim de dia...


Lago municipal de Toledo, oeste do Paraná, ao entardecer...

*

terça-feira, 16 de março de 2010

Fim das linhas...

*

Sonetos não redigidos,
Poemas não digeridos,
Escritor deprimido...

*

segunda-feira, 15 de março de 2010

25 anos de “.com” em mais de 86 milhões de sites

O domínio da Internet “.com” assinala hoje os seus 25 anos e saltou de seis sites registados em 1985, para mais de 86 milhões atualmente ativos. Durante a maior parte dos anos 80 e o início da década de 90, o domínio “.com” era praticamente desconhecido do grande público, mas hoje é um elemento diário na vida de todos e símbolo por excelência de atividade na Internet. Em 15 de março de 1985, a primeira companhia a adotar o “.com” ao seu nome na Internet foi a construtora de computadores Symbolics. Atualmente, são mais de cem mil os sites “.com” registados diariamente. Além dos milhões de sites ativos, 113 milhões apareceram e desapareceram nos últimos 25 anos. Hoje, escrever “.com” no teclado de um computador significa fazer compras, entrar em contato com amigos, procurar informação ou divertimento, planejar férias ou concretizar negócios. E o que aconteceu à primeira companhia “.com”? Faliu e foi comprada, em 2009, por uma empresa que, ironicamente, compra e vende domínios “.com”.


Fonte: Jornal Página 1 – Portugal
edição de hoje, 15/03/2010

Super safra...


Colheitadeiras colhendo soja ininterruptamente, aproveitando o bom tempo, em Lucas do Rio Verde - MT

Ao longe...

*

Ainda ouço a tua lembrança nos ecos do passado...

 
*

domingo, 14 de março de 2010

Sina...

*

No espelho,
Quem me olha
É um velho...

*

Descoberta* (14 de março - Dia da Poesia)

Tentei
Ensinar,
Não pude
Ser professor...
Tentei
Atuar,
Não soube
Ser ator...
Pensei
Ser artista,
Perdi
O rumo,
A idéia
De vista...
Imaginei cantar,
A voz
Silenciou,
Sumiu,
Quase nada restou...
Tristeza,
Dissabor,
Um desastre,
Um horror...
Mas,
Lampejo!
Me enxergo,
Me vejo,
Lembro...
Junto letras,
Costuro palavras,
Emendo sonetos,
Redijo páginas,
Moldo livros,
Eu sei...
Alegro pessoas
Com linhas,
Frases
Sem fim...
Este,
Agora sim,
Sou eu...
Esta,
Será minha sina...
Este,
Será meu labor...
Amigo
De livros,
Palavras,
Tipos,
Letras...
Me vejo
Escriba...
Me vejo
Poeta...
Me vejo
Escritor...

20/02/2007
00h 55min

* Homenagem a todos que, um dia, se descobrem capazes de escrever alguma coisa e ajudam a construir este belo mundo da poesia...

sexta-feira, 12 de março de 2010

Glauco...

*


Tirinhas e personagens apagados abruptamente pela borracha da violência...



*

quinta-feira, 11 de março de 2010

Lambda*

*

Lambida,
Libido,
Meia-vida...


*  Lambda é a décima primeira letra do alfabeto grego.
Em Física Nuclear, lambda representa "meia-vida".
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

A olho nu...

*


"Vejo o mundo através dos teus, menina dos meus olhos..."


*

quarta-feira, 10 de março de 2010

terça-feira, 9 de março de 2010

Luz celeste...


Em meio a tempestade, feixes de luz descendo do céu. Ainda existem esperanças para a espécie humana...

                                                                      *               *

Foto: J. D.

segunda-feira, 8 de março de 2010

Mulher... *

Desenho de Deus,
Anjo descido,
Companheira,
Mãe,
Amante,
Amiga,
Presente,
Dádiva,
Luz,
Mulher...


* Homenagem a todas as mulheres nesse dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher. À todas, o meu carinho...!

sábado, 6 de março de 2010

Só...

Ante o silêncio da tua fotografia, só ouço meu próprio coração...

                                                     *  

sexta-feira, 5 de março de 2010

quinta-feira, 4 de março de 2010

Arco-Íris...


*

Sete cores,
Mil gotas,
Meu olhar...

*


Foto: J. D.

Paixão...

*

Abraço,
Primeiro olhar,
À primeira vista...

*

Contigo...

Viver,
sem nunca ter vivido...

Te ter,
Sem jamais ter tido...

Sorrir o teu sorriso,
sem nunca ter sorrido...

Te perder,
sem jamais ter te possuido...

Tudo passou...
Aconteceu?

Talvez
em tempos outros...

Outras eras,
em um tempo perdido...

Te esquecer?

Pesadelo,
sem nunca ter dormido...

Jamais...

quarta-feira, 3 de março de 2010

terça-feira, 2 de março de 2010

A força da natureza...


O vermelho da parede, o branco da coluna de concreto e o verde da pequena samambaia, que insiste em crescer em um ambiente tão árido e praticamente sem terra, resistindo a todas as adversidades...

segunda-feira, 1 de março de 2010

Tristeza...

*

Minha tristeza
É pelo teu olhar,
Que eu não vi...
É pelo teu pulsar,
Que não acolhi...
É pelo teu beijar,
Que não senti...
Só na distância
Tive você
Por isso, choro
Por tudo o que não vivi...

*