segunda-feira, 10 de março de 2008

Pobre gente rica...!

Li hoje um artigo do conhecido jornalista Paulo Sant’Ana, onde ele comenta sobre o tédio das pessoas que nunca foram pobres. Diz ele que, teoricamente, essas pessoas não são infelizes pelo fato de serem ricas. Mas, como elas não possuem a referência do que é a pobreza, não sabem que são felizes. E não saber que se é feliz, é a mesma coisa que ser infeliz. Essa é uma verdade! Eu acredito que a vida dos que nunca foram pobres é mesmo um eterno tédio. Deve ser chato todo dia andar naquele carro novo e sonhar com aquele outro modelo ainda mais novo que eles vão tirar da concessionária na próxima semana. Aquela ida ao shopping para as compras todo final de semana e o fato de ter que dar ao filho sempre o último modelo de celular, deve ser um saco! Além disso, é triste não perceber que uma camada imensa da população não tem acesso a nada disso. Para um pobre, comer um cachorro quente na esquina no final de semana, já é o máximo. Conseguir comprar um par de "chinelos de dedo" novo, aqueles que não soltam as tiras, nem se fala. Quem nunca percebeu esse outro lado, não tem a consciência do que possui. E os pobres? Ora, tanto podem continuar a ser felizes com aquilo que possuem, como correm o risco de ficarem ricos um dia. Assim é a vida. Pobre gente rica!
Postar um comentário