sábado, 8 de março de 2008

Essas mulheres...

Neste dia, no ano de 1857, as operárias de uma indústria têxtil de Nova Iorque entraram em greve, ocupando a linha de produção para reivindicarem a redução de seu horário de trabalho de mais de 16 horas, para 10 horas diárias. Estas operárias que, por suas 16 horas trabalhadas, recebiam menos de um terço do salário dos homens, foram trancadas na fábrica onde trabalhavam. Nesse momento, irrompeu um incêndio e cerca de 130 delas morreram queimadas. Em 1910, em uma conferência internacional de mulheres realizada na Dinamarca foi decidido que, em homenagem àquelas mulheres, o dia 8 de março seria lembrado como o "Dia Internacional da Mulher". Em 1975, essa data foi reconhecida oficialmente pela ONU. Hoje, a realidade mudou. As mulheres estão ocupando um espaço cada vez maior no mercado de trabalho, na sociedade e nas nossas vidas. Os dilemas femininos hoje são, na maior parte, as dúvidas entre casar e seguir a carreira profissional, ter filhos ou ser uma executiva de sucesso ou qual a melhor época para ter seus filhos. Entre tantas dúvidas, imprevistos e incertezas nesse nosso mundo, uma coisa é certa: as mulheres são seres que fazem parte e desempenham um papel fundamental nas nossas vidas. Aliás, as nossas vidas já começam através da nossa mãe, uma mulher. E que mulher! Depois vêm as nossas irmãs, nossas colegas de colégio, de faculdade, de trabalho, as namoradas e a esposa. Essa última, além de companheira, é a mãe dos nossos filhos, dando início assim, a um novo ciclo em nossas vidas. Eu confesso que sou um fã incondicional das mulheres! Elas possuem o dom inigualável de serem mães, além de amigas, amadas, amantes e companheiras. Ao mesmo tempo em que são frágeis, demonstram força e coragem sobre-humanas quando é preciso defender um filho, por exemplo. Uma coisa é certa: a nossa vida masculina não seria a mesma coisa sem elas! Essas mulheres de fases, de períodos depressivos, de períodos férteis, "daqueles dias", são acima de tudo, tudo! A estas mulheres maravilhosas que chegam, entram, bagunçam e endireitam nossas vidas, um beijo! Parabéns pelo seu dia!
Postar um comentário