segunda-feira, 14 de março de 2011

Defesa Civil pede auxílio ao Exército em São Lourenço do Sul...

A Defesa Civil solicitou ao Exército o envio de um pelotão para auxiliar no mutirão de limpeza de São Lourenço do Sul, cidade atingida pela enxurrada da última semana. Falta pessoal para operar máquinas. O efetivo, de pelo menos 30 homens, virá de Pelotas.

— O Exército já deu uma sinalização positiva. Vamos enviar um documento oficial, solicitando a ajuda. Se tudo der certo, teremos o reforço ainda neste domingo — acredita o major Oscar Moiano, chefe da Defesa Civil no Estado.

O órgão continua neste domingo os trabalhos no município. Após as fortes chuvas, os primeiros moradores começam a retornar para suas casas.

— Dos 350 desabrigados que tínhamos, o número baixou para 300 — relata Moiano.

Os donativos continuam chegando em grande quantidade. Parte já foi entregue através de caminhões, jipes e, em localidades com difícil acesso, de helicóptero. Águas, arroz, feijão, óleo de soja, roupas de cama e colchões, além de produtos de higiene e limpeza estão entre as principais necessidades dos moradores.

Nas rodovias, a BR-116 permanece bloqueada entre Turuçu e São Lourenço. A Polícia Rodoviária Federal orienta para que o trajeto entre Porto Alegre e Pelotas seja feito BR-290, RSC-471 e BR-392. A previsão de término das obras emergenciais nas duas pontes danificadas é para terça-feira, segundo a Ecosul, concessionária que administra a rodovia.

Rota alternativa, a ERS-265, entre São Lourenço e Canguçu, segue interditada. Máquinas trabalham para dar condições de tráfego ao trecho. Segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar, um desvio pela RSC-471, que acessa à BR-290 via ERS-350, está proibido para caminhões.
 
 
Fonte: Jornal Zero Hora - Porto Alegre
 
Postar um comentário