quinta-feira, 8 de abril de 2010

Indelicada...

A maior indelicadeza da morte, é que ela chega sem avisar...


* Ao “seu” Paulo Smack, companheiro de conversas diárias por anos a fio, que nos deixou ontem...
Postar um comentário