quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Poesia e solidão...

Acho que quase todo poeta é, de alguma forma, um solitário. Assim sendo, passa as horas acalentando o seu vazio, entregue aos versos e as rimas. Cada novo verso, marca a passagem de mais uma hora, de mais um dia. Embora me esforce, eu ainda não entendo bem como poesia rima com solidão...
Postar um comentário