sábado, 29 de agosto de 2009

Os astros e eu...

Quando criança, eu não entendia como era possível, as vezes, a lua estar no céu em pleno dia. Isso não era admissível! Para mim, dia era dia e tinha que ter apenas sol. E, noite sendo noite, tínhamos que ver apenas o luar no céu. Para tentar solucionar o mistério, me punha a imaginar hipóteses. Cheguei a pensar que a lua, por ser feminina, era gentil e vinha visitar o sol durante o dia. Mas o sol, grosseirão, jamais retribuía as visitas à ela nas noites. Só podia ser isso! Muito tempo depois, eu soube que ela brilha pegando emprestada a luz dele. E que, embora ele não retribua as visitas, como um bom cavalheiro, faz de tudo para mantê-la bela...
Postar um comentário