sábado, 5 de setembro de 2009

Arquejo...

O resto de ar que existe entre o instante do meu olhar e o momento do teu desprezo, é a esperança que eu ainda respiro...
Postar um comentário