domingo, 19 de abril de 2009

Do verde ao inferno

Se o homem pudesse quantificar toda a vida que existe na floresta, jamais provocaria incêndios e queimadas nesse mundo verde. O fogo, avassalador, consome tudo o que vê pela frente. Os animais que conseguem, fogem desesperados. As árvores, plantas menores, ervas, insetos e microorganismos são impiedosamente consumidos pelas chamas. Após o incêndio na floresta, as primeiras gotas de chuva, ao cair, entram em contato com as cinzas ainda quentes no chão e tentam evaporar. Em vão! Elas só conseguem borbulhar, como se fosse lava quente. O que antes era um paraíso verde e rico em vida, transforma-se em um verdadeiro inferno sobre a terra. E a raça humana, ainda se considera um espécime racional e inteligente. O que faria, então, se não o fosse?
Postar um comentário