sábado, 11 de abril de 2009

Alucinatório

Ambiente escuro, latejante. Palco aceso e em ignição, som nas alturas, estourando os tímpanos. Milhares de mãos erguidas em sinal de uma aguda e precisa sintonia. O pulsar do baixo, a voz esganiçada da guitarra, o ritmo rápido e forte da bateria e as cordas vocais exigidas ao máximo. É só rock’n roll, mas eu gosto!
Postar um comentário