terça-feira, 3 de agosto de 2010

A velha chaminé...

Como uma sentinela do passado, ela guarda a sua posição, observando o presente. O que teria um dia existido aos seus pés? Uma olaria? Um matadouro? Uma fábrica? Infelizmente, eu não sei dizer, ainda. Achei que a sua altivez e a presença forte na paisagem, mereciam registro.

*

Postar um comentário