quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Rumo às nuvens...

Situação amedrontadora... Mãos geladas, rosto pálido. A cortina já vai abrir e toda a atenção estará em ti! O ruído da plateia, subitamente te desperta. Instintivamente, passos indecisos e receosos te conduzem para trás... Um, dois, o terceiro. O coração corre em disparada. Contra todas as tuas forças mentais que o seguram, o pano inicia o seu lento e desnudante movimento. A luz já se acende. Olhas para cima e deixas o ar invadir os pulmões... Uma força vinda não se sabe de onde, brota. O que era temor vira coragem e os pés já querem te conduzir para a frente. Vagarosos mas decididos passos antecedem a larga caminhada rumo à luz e ao brilho vindo do teto e que não tardará a estar em todos àqueles olhares, antecedendo aos aplausos...! Brilharás!

03/08/2010
13h 08min

http://recantodasletras.uol.com.br/pensamentos/2415936
Postar um comentário