quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Maresia...


 
Tu ainda me amas? Ou o sal das águas conseguiu apagar o que sentias por mim? A vontade e o desejo foram submersos e trocados por ondas e ventos? As gaivotas ainda circundam o nosso céu? Ou o paraíso sonhado transformou-se em nada além de intempestivas lembranças?  

Creio, creio mesmo. Ao fechares os olhos, ouvirás o nosso sussurrar e, ao voltar a abri-los, terás a certeza de que existiu, aconteceu. Sim. Foi verdade. É verdade. Só tu não percebeste. E, acho que nem eu...
 

Postar um comentário