quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Dolorido semear...

Por vezes, precisamos repensar
Os dias, os sentimentos, a vida
O que deixamos, o que queremos
O corte, a faca, a ferida...



Fatos, relances, resenhas, relatos
Coração aberto, sentimentos a descoberto
Aos teus olhos e ao mundo, total nudez
Pele exposta, ferida aberta, futuro incerto...



Sementes, arado, coração, sentidos
Valas abertas, semeadura feita, esperança, receio
Espera longa, horas nervosas, dias aflitos
Nada vingou, sementes mortas, a chuva não veio...


05/01/2011
19h 03min


http://recantodasletras.uol.com.br/poesiasdetristeza/2711443
Postar um comentário