sábado, 27 de junho de 2009

O vazio na noite...

Noite de 25 de junho de 2009. Garoa caindo, eu no carro, ainda no trânsito da cidade. De repente, no rádio, ouço a noticia: “Michael Jackson morreu”! O baque e a sensação de perda é instantânea. Soa como se recebêssemos a notícia que aquele amigo, jovem e muito talentoso com a música, a dança e a arte, querido por todos, tivesse nos deixado para sempre e sem aviso. E, pior, com a concreta impossibilidade de voltar ao nosso convívio. Olho para fora e sinto como se tudo tivesse ficado mais triste. As pessoas, as ruas, as calçadas e as luzes perderam um pouco de seu brilho. Na hora, eu não percebi, mas a garoa insistente caindo em pequenas gotas no vidro do carro, já era um indício que a noite também chorava...
Postar um comentário