terça-feira, 4 de agosto de 2015

O (a) mar...


Qual é o tamanho de um mar?
Mar do Sul, mar do Norte
Mar da vida, mar da morte
Um amor supera borrascas?
A paixão resiste aos ventos?
Correntes levam esperanças
Marés varrem sentimentos
Resisto, me agarro a corais
Sou levado, já não volto mais
Impassível, na margem, estás
Sonhos, ideais, já jazem no cais
Solidão e maré baixa, combinam
A lágrima salga ainda mais o mar
Esperança é vela rasgada
Sorriso é mastro partido
Noite adentro, já não temos rumo
Ondas e ventos, nos testam a sorte
Ó mar da vida
Ó mar da morte...

04/08/2015
12h 22min


http://www.recantodasletras.com.br/poesias/5334487


Postar um comentário