quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Falta um minuto para a meia-noite...



Fecha os olhos.
Ascende aos sonhos.
O silêncio chegou.
Cama desfeita.
Roupas espalhadas.
Sorrisos guardados.
Cabelos revoltos.
Corpos saciados.
Meia luz.
Lua e meia.
Brisa fresca.
Noite longa.
Descansa.
Já é tarde.
Falta um minuto para a meia-noite...


02/11/2016
23h 18min


http://www.recantodasletras.com.br/poesiasdeamor/5811398



Postar um comentário