terça-feira, 16 de julho de 2013

Desvanecer...


Amor.
Estranho amor!
Nasceu sem florescer,
Secou sem verdejar,
Morreu sem anoitecer,
Desapareceu,
Antes de a nossa sina raiar...

16/07/2013
18h 34 min

http://www.recantodasletras.com.br/poesias/4390138

Postar um comentário