sábado, 28 de novembro de 2009

O mundo do outro lado do muro...

Olhares frios, poder, senso de injustiça, conta bancária gorda, carrões, roupas caras, jantares finos, cirurgias plásticas, sorrisos, botóx, gloria, glamour, vaidade, falsidade, intimidação, impunidade, pouco caso para conosco ao olhar lá do outro lado do muro... O que resta para nós, míseros mortais? Onde nos agarramos na correnteza? Quem nos defenderá? Onde foi que tudo isso começou? Afinal, por que mesmo questionar isso?
Postar um comentário