quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

O que a saudade faz...

A cidade onde eu quero estar, não é essa
As pessoas que eu quero ouvir, não são estas
Os sentimentos que eu quero ter, não são lembranças
Quero abrir os olhos e ter a tua presença
Pegar a tua mão e ter esperanças
Quero esticar o braço e ter você comigo
Não quero ter a distância como castigo
Quero nós dois juntos
A salvo de tudo
Livres da solidão, da saudade, do perigo
Quero encontrar no teu ombro, a minha casa, o meu refúgio, o meu abrigo
Quero ser teu homem, teu amante, teu amigo
Feche os olhos
Respire fundo
Deixe de lado o mundo
Sorriso aberto
Local incerto
Somos só nós dois
Vem comigo...
Postar um comentário